Nossas Redes Sociais:

Notícias do Sindicato
Atenção, servidores!

CURSO COM DURAÇÃO DE TRÊS MESES PODE SER FEITO PELO SERVIDOR SINDICALIZADO E SEUS DEPENDENTES

Continuam abertas as inscrições para aqueles que desejam se especializar ou entrar no mundo da informática. O Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Praia Grande abriu vagas para a especialização e ainda conta com algumas vagas disponíveis. Na grade estão os cursos de Informática Básica, Informática Intermediária e Informática para a Melhor Idade. A novidade para este ano é que os servidores públicos municipais sindicalizados podem fazer o curso de Informática Básica, que tem duração de três meses, de forma GRATUITA. O benefício é compartilhado, claro, com seus dependestes devidamente cadastrados na entidade, porém é bom salientar que as vagas são limitadas e os cursos já iniciaram. A entidade indica que o interessado entre o mais breve possível em contato e, caso o número de alunos já tenha excedido, seu nome deverá ser adicionado à uma lista de espera para novas turmas.

O presidente do Sindicato, Givanildo Berto da Silva, o Gil, ressalta que o objetivo é proporcionar ao trabalhador sindicalizado cursos de qualidade. “A informática é essencial para a maioria dos trabalhadores. Fora o trabalho, o conhecimento é útil na hora de fazer pesquisas e se comunicar com familiares, amigos, fazer contatos profissionais, realizar compras, negócios. Daí a importância de ter, pelo menos, conhecimentos básicos das tecnologias que surgem dia a dia. Não importa a idade, o que vale é a vontade de aprender cada vez mais”, ressaltou Gil.

A coordenadora do Departamento de Informática, Marjory Vital, informa que para se matricular, basta apresentar no ato da inscrição a cédula de identidade, CPF, carteira de sindicalizado, comprovante de endereço. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h. O telefone para solicitar mais informações é 3499-1302. “Estamos à disposição para orientar e esclarecer dúvidas sobre o conteúdo programático”, disse.

Atenção, servidores!

Written by Tuesday, 26 May 2015 20:31
Atenção, servidores!

Informamos que a substituição do cartão alimentação já começou! A nova empresa é a Verocheque e o cartão se chama Verocard. É a mesma empresa que fornece o serviço para a prefeitura de Santos.

Para esclarecer algumas dúvidas, vamos destacar alguns pontos que você deve ficar ligado:

  1. O valor de R$ 220,00 será creditado em seu cartão a partir do dia 28 deste mês;
  2. Você deve retirar seu novo cartão na sua secretaria de origem no horário de expediente normal;
  3. Se você for aposentado, você deve retirar seu cartão na sede do IPMPG de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30;
  4. Se você for aposentado, você deve retirar seu cartão na sede do IPMPG de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30;
  5. Servidores que solicitaram o cartão recentemente, devem procurar a SEAD para fazer nova solicitação do novo cartão;
  6. Caso ainda tenha créditos no Bancred, você deve utilizá-los em uma rede de supermercados que ainda esteja aceitando este cartão (Ex. Extra ou Carrefour);
  7. Se estiver encontrando dificuldades em utilizar o cartão Bancred, procure sua secretaria de origem ou a SEAD e informe do problema;
  8. O valor que ainda resta no antigo cartão NÃO PODERÁ SER TRANSFERIDO PARA O NOVO CARTÃO;
  9. Caso queira consultar a rede credenciada do cartão Verocard, clique no link www.verocheque.com.br/rede-credenciada/

Vale ressaltar que o decreto com a nova faixa salarial que terá direito ao benefício após o aumento deste mês ainda não foi divulgado. Informaremos assim que for liberado.

Atualmente não incide no cálculo da remuneração o Adicional de Tempo de Serviço, Sexta Parte, Hora Atividade, Hora Trabalhada Pedagógica, Jornada Dupla, Jornada Suplementar, Função Gratificada e Encarregado de Turma e Horas Extras.

Prefeito recebe Sindicato PG e trata de interesses da categoria

Proposta de reajuste salarial de 8,5% é a maior da região e foi considerada acima da média no Estado

 

O reajuste de 8,5% no salário dos servidores, proposto pelo Executivo em projeto de lei enviado à Câmara, foi considerado satisfatório pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Praia Grande, Givanildo Berto da Silva, o Gil. O líder sindical foi recebido em audiência pelo prefeito Alberto Mourão, na qual se tratou de vários interesses dos servidores.

 

Acompanhado também pelo secretário de Administração, Marcelo Kameiya, e pelo chefe de Gabinete, Anderson Mendes, o encontro começou abordando-se o reajuste salarial proposto pelo Executivo. Gil disse que “temos de reconhecer que o percentual de 8,5% é o melhor possível hoje, levando-se em conta não só a situação vivida pelo País como também a média de aumentos concedidos nos municípios de São Paulo, que girou em torno de 7%”.

 

O presidente do sindicato lembrou ainda que, no Município de Marília, onde houve greve dos servidores municipais por maiores reajustes salariais, depois de 15 dias de paralisação os salários sofreram reajuste de apenas 4,3%.

 

Cartão Alimentação - Gil ainda aproveitou a audiência para falar da queixa dos servidores contra o descredenciamento de comércios locais para aceitação do cartão alimentação. O secretário Marcelo Kameiya esclareceu que novo procedimento licitatório está em fase final. “Já estamos em fase de homologação da nova empresa. Esperamos que até o final deste mês o novo cartão já seja distribuído aos servidores que são usuários do benefício”. Kameiya lembrou, ainda, que a atual fornecedora do serviço, a Bancred, foi multada pela municipalidade em R$ 2 milhões por descumprir as regras do edital e do contrato.

 

O novo valor para o cartão também foi abordado. O prefeito concedeu, em primeiro momento, um aumento de 10% elevando, assim, para R$ 220,00 o benefício. Ficou acordado entre prefeito e o sindicalista que, em outubro, outra conversa para um novo aumento no benefício será marcada. “Temos a esperança de conseguir mais 10% em outubro. Aí vamos atingir um valor bem considerável de reajuste para o cartão alimentação”, analisou o presidente Gil.

 

Plano de Carreira - A elaboração de planos de carreira para várias categorias profissionais do quadro da Prefeitura foi outro tema abordado no encontro. O prefeito revelou que já está sendo avaliada uma nova versão dos planos. A Prefeitura de Praia Grande já conta com Planos de Carreira para o Magistério, Agente de Fiscalização, Procurador, Guarda Municipal, Atendente de Educação II e Técnico Desportivo.

 

Mourão destacou também a preocupação da Administração Pública em manter o servidor motivado. “O ideal é que, aquele que chega ao topo da carreira, tenha passado por todas as funções dentro daquela área de atuação”.

 

Plano de Saúde - Estudos sobre a possibilidade de um financiamento da Prefeitura a consultas e exames médicos e internações hospitalares foram mencionados por Mourão durante a reunião. “Não desisti da ideia, como alternativa ao fato de a ANS (Agência Nacional de Saúde) impedir os municípios de terem seus planos de saúde”, disse o prefeito.

 

Durante a discussão do assunto, Gil salientou que esse é um tema que deve ser pautado sempre e se prontificou a cooperar com a administração para encontrar caminhos que possam beneficiar os servidores sem ferir os cofres públicos. “Precisamos encontrar alternativas. Se não é possível ser feito da forma que imaginamos a princípio, temos que encontrar outra. O importante é, de um jeito ou de outro, o trabalhador possa usufruir de um sistema de saúde sem que uma fatia grande de seus vencimentos seja onerada”, disse.

 

Urgência - O projeto de lei complementar que dispõe sobre a revalorização da remuneração mínima mensal dos cargos dos servidores do Poder Executivo foi encaminhado à Câmara na segunda-feira (11), com pedido de votação em regime de urgência para que o reajuste incida já no pagamento do final deste mês de maio. Na justificativa ao projeto, o prefeito explica que a Administração tem corrigido suas principais fontes de receita, principalmente o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), tomando por base a inflação aferida no período, representada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). E que o reajuste salarial parte da mesma base, mas é concedido num índice sempre acima do IPCA, de forma que os servidores não recebam apenas uma correção, mas um aumento real.

 

A proposta enviada para a Câmara concede reajuste linear de 8,5% nos salários, para um índice apurado em 8,17% desde o último reajuste, em maio do ano passado, representando 0,33% de aumento real. Nos últimos três anos, o ganho real totaliza 1,06%. Em 2013, o índice inflacionário apurado foi de 6,49%, tendo sido concedido reajuste de 6,5%, com ganho real de 0,01%. No ano seguinte, para uma inflação de 6,28%, a revalorização foi de 7,0%, representando aumento real de 0,72%.

 

Crédito Foto: Marcelo Guedes

Inscrições começaram nesta segunda-feira (16)

O Sindicato dos Trabalhadores Municipais do Município da Estância Balneária de Praia Grande está com mais de 120 vagas abertas para o curso de Informática básica, Intermediária e para a Melhor Idade, além de cursos de Inglês e Espanhol. As inscrições tiveram início nesta segunda-feira (16) e podem ser feitas no próprio Sindicato que está localizado na Avenida Brasil, 600, 9ªandar. As aulas começam em abril.

Vagas gratuitas - Os funcionários públicos de Praia Grande que forem sindicalizados podem fazer o curso de Informática Básica gratuitamente. Há vagas para os períodos matutinos, vespertinos e noturnos.

Já os cursos de Informática para a Melhor Idade e de Inglês e Espanhol são oferecidos descontos aos funcionários públicos sindicalizados. O pagamento pode ser realizado via boleto bancário ou descontados em folha. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: 3499-1302.

Através do ofício Sead 73 – 020/2015, o senhor Subsecretário de Gestão de Pessoas, Ecedite da Silva Cruz Filho, retifica a listagem já divulgada pelo Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Praia Grande através do Jornal Sindical Expresso Edição nº 35, onde, após nova análise, pede a EXCLUSÃO de alguns servidores que constavam na primeira lista (páginas 31, 32 e 34 do referido jornal) e RETIFICA o período de individualização de outros (páginas 32 e 33 do mesmo jornal).

Caso os servidores afetados pela nova informação queiram solicitar a revisão da mesma, procure o Sindicato e preencha o formulário para que a informação seja levada até à Prefeitura.



Servidor: Se você se enquadra nos requisitos para solicitar a aposentaria especial (conforme a Súmula Vinculante 33 do STF), baixe o arquivo do REQUERIMENTO para contagem do tempo de serviço.

Em abril deste ano o STF, analisando a questão da aposentadoria especial para servidores públicos do País, editou a Súmula Vinculante 33, com a redação: “Aplicam-se ao servidor público, no que couber, as regras do regime geral da previdência social sobre aposentadoria especial de que trata o artigo 40, § 4º, inciso III da Constituição Federal, até a edição de lei complementar específica”. O citado inciso da Constituição estabelece que: “Aos servidores titulares de cargos efetivos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, incluídas suas autarquias e fundações, é assegurado regime de previdência de caráter contributivo e solidário, mediante contribuição do respectivo ente público, dos servidores ativos e inativos e dos pensionistas, observados critérios que preservem o equilíbrio financeiro e atuarial e o disposto neste artigo. É vedada a adoção de requisitos e critérios diferenciados para a concessão de aposentadoria aos abrangidos pelo regime de que trata este artigo, ressalvados, nos termos definidos em leis complementares, os casos de servidores cujas atividades sejam exercidas sob condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física”.

Os servidores que exercem atividades que se enquadram na situação prevista na súmula do Supremo Tribunal Federal e na Constituição, e aqueles que recebem o adicional de insalubridade, formam o grupo de que, no entendimento do departamento jurídico do Sindicato, pode requerer a certidão de contagem de tempo de serviço que os beneficiará.

O presidente do Sindicato lembra que nos anos de 2007 e 2008 a entidade realizou um trabalho parecido que resultou no pagamento, pela Prefeitura, do adicional de insalubridade para serventes I e II, Atendentes de Educação, Agentes Comunitários da Saúde, calceteiros, tubuladores e muitos outros, “Da mesma forma que, à época, conseguimos mobilizar mais de 1.200 companheiros e companheiras que passaram a receber o adicional de insalubridade a partir dos requerimentos que nós elaboramos e levamos a todos os pontos onde havia servidores, realizaremos a mesma ação para antecipar as aposentadorias daqueles que trabalham expostos a condições prejudiciais à saúde”, conclui o presidente Givanildo.

Clique aqui para fazer o download.

Mudança no horário de atendimento

Written by Monday, 06 October 2014 18:38


Atendendo a diversas solicitações de nossos associados e usuários, informamos que, a partir deste dia 6 de outubro, a sede do Sindicato estará aberta das 9h às 18h sem pausa para almoço.

A Diretoria.

AVISO IMPORTANTE!

Written by Monday, 06 October 2014 18:30


Servidores que têm plano de saúde da Sanca Casa de Santos, devem retirar as novas carteirinhas em PVC na sede do Sindicato. Comunicamos que, a partir de novembro, as antigas carteirinhas não serão mais aceitas e as novas não terão mais data de validade.

Agradecemos a todos!
Page 1 of 3